sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Oração do cavalo


Oh, senhor de todos os seres que habitam a terra.
Fazei com que meu dono carroceiro ou catador seja dedicado aos seus semelhantes como eu lhe sou
dedicado.
 Fazei-o manso de coração no trato com seus familiares como eu próprio o sirvo com mansidão.
 Fazei que ele, mesmo cansado da jornada, trate-me com bondade e não me deixe nunca sem o
alimento que me fortalece, a água que sacia a minha sede e o teto que me protege do sol e do frio.
 Fazei-o tão pronto a servir ao próximo como eu estou sempre pronto a receber os arreios para
ajudá-lo a ganhar o pão de cada dia.
 Dai-lhe, Senhor, a paciência para lidar com a minha teimosia, assim como eu sou paciente quando
carrego excesso de peso sem queixume.
 Fazei-o sábio para perceber os limites da minha força, da minha idade e da minha saúde; que ele
exija de mim somente o que sou capaz de executar sem sofrimento.
 Fazei com que ele seja tão corajoso na luta pela vida como eu próprio sou ao carregar peso estando
são, machucado ou doente, no sol escaldante e na tempestade, no frio invernal e em meio ao
trânsito dos automóveis.
 Fazei-o acima de tudo, defensor dos cavalos maltratados, espancados ou mortos por aqueles a quem
humildemente servem.
 Por fim, oh, Senhor de todos os seres, fazei meu dono, carroceiro ou catador, sempre tão
verdadeiramente homem como eu sempre tão verdadeiramente sou cavalo de carroceiro e de catador
de papel.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo Blog!
    Este é apenas um exemplo do que acontece com os animais que são explorados pelo homem.
    Mary

    ResponderExcluir
  2. ADOREI O BLOG.
    PARABÉNS!
    TAMBÉM SOU DEFENSORA DOS ANIMAIS E ACHO ISSO UMA CRUELDADE.
    GABY

    ResponderExcluir